Chás para problemas de digestão

Problemas de digestão, dor de estomago, enjoos e refluxo estão entre as causas frequentes de doenças relacionadas a má alimentação.

Neste post falaremos de alguns chás para problemas de digestão que ajudam a tornar sua saúde melhor.

Doenças do sistema digestório tem diversas razões e só um médico consegue diagnosticar.

Comer em hora errada, consumir alimentos muito condimentados e ingestão em grande quantidade de produtos industrializados podem estar entre as principais causas de dificuldades gastrointestinais.

A dica é conhecer o seu corpo e ficar atento aos sinais, desta forma sabe-se qual o motivo de um mal estar, perceba o que comeu no dia anterior, reveja hábitos alimentares e substitua alguns itens para fazer um teste.

Azias e má digestão estão entre as principais causas do consumo descontrolado de alimentos “pesados” como carnes, gorduras e açúcares, porém, o fígado e o intestino também são frequentemente afetados.

Dores de cabeça, intestino preso ou diarreia, boca amarga e cansaço tendem a ser sintomas que vem junto com a indigestão. Vamos lembrar que tudo está ligado em nosso corpo e que nossos órgãos “conversam entre si”.

Vamos falar de alguns chás que auxiliam nestes probleminhas.

Espinheira Santa – controla a produção de ácido clorídrico no estomago. Diminuindo a sensação de queimação e aliviando as dores. Rica em tanino, auxilia na cicatrização de úlceras e no tratamento de H Pylori. De sabor e aroma suave.

Carqueja – tomar este chá quando o fígado está atacado é tirar o desconforto com as mãos. De agosto amargo e por este motivo odiado por muitos, a carqueja auxilia em casos de dores de estomago, boca amarga causada por enfermidade no fígado. Também ajuda a controlar o diabetes, é diurética e anti-anêmica.

Losna – Conhecida popularmente de erva-do-fel em virtude do seu gosto amargo. Usualmente aplicada em casos severos de doenças do fígado. A losna atua também como um excelente chá contra vermes e auxilia a diminuir febres altas, combate intoxicações alimentares. Certamente não é das mais saborosas.

Orégano – pode ser usado, além do chá, em saladas e tempero de carnes e legumes. Auxilia na digestão e promove o aumento da produção de bile pelo fígado. O orégano tem muitas propriedades e é excelente no combater a obesidade. Inclua esta erva nas suas refeições.

Louro – a quem acredite que esta erva mágica só serve para dar um toque ao feijão, mas ela é estimula a atuação de enzimas no estomago. De sabor leve apesar do aroma forte, sugerimos ser consumido uma xícara após as principais refeições dando uma forcinha para que seu estomago trabalhe melhor. Rica em vitamina C e antioxidantes, aumenta a imunidade e estimula a produção de colágeno.

Boldo – esse todo mundo conhece e muitos até tem plantado em casa. Trata-se de uma erva muito fácil de ser cultivada em vasos e muito resistente a pragas. Existem várias de uma espécie de desta erva, as mais conhecidos são o boldo do chile que tem um sabor menos amargo e o boldo de folha larga com um gosto bem forte. O boldo do Chile dever ser usado em chás através de infusão, já o boldo de folha larga deve ser macerado com um pouco de água e tomado puro. Diminui o efeito de bebidas alcoólicas e trata azias e enjoos.

Erva doce- digestivo leve, combate gases e desconfortos intestinais, se usada junto com outra erva, por exemplo a carqueja, potencializa seus efeitos. Além do chá acrescente em saladas, sopa e sucos, aproveite além das sementes as folhas e talos.

Funcho – da família da erva doce e conhecida pelas vovós no alivio de cólicas de crianças e no aumento do fluxo de leite materno. Digestivo leve e de sabor agradável, pode ser ingerido a qualquer hora do dia, inclusive em jejum.

Kummel – além de aromática que dá um toque especial ao pratos, trata-a de uma planta com efeito sobre a digestão de alimentos difíceis como carnes e gorduras. Não precisa necessariamente ser feito o chá para surtir efeito, uma colher de sopa consumida diariamente através de temperos certamente já surti um efeito satisfatório.

Guaçatonga – usada em conjunto com a espinheira santa trata úlceras estomacais, refluxo e má digestão. Usada em cremes dentais, tem propriedades antissépticas tratando “sapinhos” e herpes labial. Por ter um gosto suave certamente agrada os paladares mais sensíveis aos chás amargos.

Outros chás que ajudam nas questões gastrointestinais : sementes de coentro, anis estrelado, pau tenente, hortelã, salvia, cardamomo, camomila, chá branco, chá verde, banchá e alecrim

Lembramos que toda enfermidade tem uma causa e que nem sempre tomar um “chazinho” resolverá o problema, além disso é necessário identificar a raiz do problema e cuidar o quanto antes.

Consulte sempre um médico ou nutricionista, chá também é remédio e evite se auto medicar.

· Qualquer pessoa pode tomar chá?

o Sempre recomendamos que um médico ou nutricionista faça a indicação de acordo com o perfil de seu cliente. Ao ingerir um chá preste atenção nos possíveis efeitos colaterais.

· Como preparo um chá?

o Ferva a água, desligue, coloque a erva, tampe e deixe descansar por quinze minutos. Coe e tome ainda morno. Use uma colher de chá para cada xícara de chá de água. Veja abaixo o vídeo de como preparar um chá.

· Posso adoçar meu chá?

o Não pode, o açúcar ou adoçante interfere na absorção dos nutrientes. Além disso açúcar é um péssimo alimento.

· Posso fazer uma grande quantidade de chá e guardar na geladeira?

o Os chás oxidam perdendo sua propriedade, faça e consuma no máximo em até 4 horas.

· O chá altera o efeito de algum medicamento?

o Sim, um chá pode alterar a absorção de remédios, leia o post sobre alimentos que interferem em medicamentos, clique aqui.

· Posso misturar uma ou mais ervas no mesmo chá?

o Isso é possível quando orientado por um profissional capacitado, evite fazer isso de forma aleatória ou por indicação de amigos e sites desconhecidos.

· Por quanto tempo posso tomar o mesmo chá?

o Considerando um consumo diário, é recomendando um período máximo de 3 meses.

Leia também em nosso blog:

Vantagens e desvantagens de comprar produtos a granelDesvendando a sensibilidade ao glútenReceitas divertidas para fazer com seus filhosTenho alergia ou intolerância ao ovo Alimentos para ajudar na hipertrofiaDicas e Cuidados na hora da suplementação

Gostou? Deixe seu comentário aqui em baixo e compartilhe com os amigos.

Somos uma loja de produto naturais com mais de 330 itens a granel.

Estamos localizados em São Paulo, Parque São Domingos, Zona Oeste, Pirituba.

O melhor do produto natural com qualidade, sempre dicas e também receitas incríveis para uma vida melhor.

Veja nossa página de receitas e aprenda a fazer pratos simples, saborosos e com ingredientes naturais. Certamente você não vai querer ficar fora de tanta dica incrível.

Nossa loja virtual é segura e você compra alimentação saudável, veganos, vegetarianos, feira orgânica, produtos sem glúten e sem lactose: www.loja.emporiomanjericao.com.br.

Quer receber nosso newsletter semanal? Clique aqui e se cadastre.

Este blog é apenas informativo e em nenhuma hipótese dispensa a consulta com um profissional especializado como um médico ou nutricionista.


ESTE CONTEÚDO FOI EXTRAÍDO DO NOSSO BLOG EMPÓRIO MANJERICÃO

Leia a material completa em nosso blog: https://blog.emporiomanjericao.com.br/chas-para-problema-de-digestao/


0 visualização
SIGA
  • face.png
  • insta.png
  • g+.png
  • youtube.png
Loja Parque São Domingos:

Rua Brigadeiro Henrique Fontenelle, 758

Parque São Domingos - SP - Brasil

11 2506-9343 - whatsApp 11 97052-5630

Seg – Sex 09h30 - 19h30

Sab  09h30 - 17h30

 
 

contato@emporiomanjericao.com.br

 

 

 

© Empório Manjericão

  • email.png