Glúten, mocinho ou vilão?

Vamos falar de um assunto bem polemico: glúten, mocinho ou vilão para a saúde?

O objetivo deste post não é convencer ninguém, mas informar através de fontes confiáveis um pouco sobre algo tão controverso.

Da mesma forma em qualquer área existem os contras e os que estão a favor, sendo que cada um pende para o lado que lhe é mais conveniente, nós aqui tentaremos ser isentos de opinião.

Você sempre encontrará profissionais, sejam eles médicos ou nutricionistas que tomam lados extremos, ou seja, acham que o glúten ou é mocinho ou é vilão. Mas ainda existe aqueles que buscam o meio termo.

Vamos começar explicando o que é o glúten. De forma muito simples imagine que é uma espécie de “cola” que auxilia na liga durante a preparação de massas, permitindo que elas fiquem “grudadas” e não quebradiça.

Segundo a Wikipedia “O glúten (gliadina e glutenina) aparece geralmente combinado com outras proteínas como as albuminas e globulinas e também em combinação com o amido desses cereais, sendo responsável pela viscoelasticidade da massa composta pela mistura de farinha (proteína e amido em forma granular) e água.”

Por isso é mais complicado substituir a farinha de trigo nas receitas, neste caso é necessário incluir outro ingrediente, a exemplo a goma xantana, que dá liga na massa.

O glúten tem sido eliminado, muitas vezes, não por uma questão de saudabilidade, por exemplo pelo celíacos, mas sim na perda de peso. Neste casos será que o glúten é mocinho ou vilão?

Segundo a OMS, apenas 1 a 2% da população tem a doença celíaca, que é a intolerância a proteína gliadina contida no glúten.

Para estas pessoas o consumo desta proteína pode causar problemas seríssimos no intestino, como cólicas e a baixa absorção de nutrientes.

A doença celíaca é autoimune e pesquisas indicam que se trata de uma alteração genética e é hereditária. As pessoas não adquirem a doença celíaca. Ou seja, comer glúten não o faz se tornar um celíaco. Diferente do diabetes, comer açúcar em exceto o faz grande candidato a ter a doença.

Mas a doença celíaca vem acompanhada de outros sintomas além da má digestibilidade tem também inflamação intestinal, além de poder causar deficiência de ferro, cálcio e problemas neurológicos.

O que notamos é que, a alimentação incorreta e abusiva faz com que seu organismo crie algum distúrbio em relação ao consumo excessivo de um determinado alimento.

Quem consome muito açúcar pode ser tornar diabético, por exemplo. Quem ingeri muita gordura possivelmente terá colesterol alto e quem come muita farinha de trigo pode ter uma lentidão na digestão deste alimento.

Uma questão a ser considerada é que, segundo a Embrapa, o trigo passou por modificações genéticas com o objetivo de aumentar sua produtividade, e isso pode ter adicionado em até 20 vezes a quantidade de glúten presente no trigo.

Somado tudo isso a comidas industrializadas, sedentarismo e comodismo o glúten se torna um vilão.

Uma grande parte das pessoas tem as massas na base da dieta, consomem pão pela manhã, massa no almoço e lanchinhos a base de trigo a tarde e à noite.

Há quem tenha quase 50% da ingestão diária baseada em alimentos vindo do trigo. E neste caso não tem organismo vivo que aguente.

Sentimos em nossa rotina no Empório Manjericão um desespero pela retirada do glúten, e quando se fala nisso o que mais incomoda os clientes é o fato de tirar o pão da dieta. É como se não existisse vida sem pão.

É claro que aquele pão quentinho, recém saído do forno e com aroma incrível é bem difícil de resistir.

Outra questão que vemos muito é a preocupação de substituir a farinha de trigo nas receitas de bolo. É logico que existem farinhas com muito mais propriedades e benefícios entre elas tem a de amêndoa e a de coco.

Mas trocar as frutas no café da manhã ou lanche da tarde por um pedaço de bolo, mesmo produzido com outros tipos de farinhas, continuam sendo menos benéficos para saúde.

Não é a substituição da farinha que conta, mas sim a troca de um alimento em natura por outro industrializado.

A questão aqui é o equilíbrio do que se come, de nada adianta tirar o glúten se a alimentação não é equilibrada, se não tem diversificação no prato, se legumes, verduras e frutas não forem consumidos diariamente.

Até porque, muitos dos alimentos sem glúten são industrializados e acompanham conservantes e corantes que também não fazem bem.

Parte das enfermidades podem ser resolvidas com uma dieta natural e equilibrada aliada a prática de atividade física.

Raramente pessoas que seguem o tripé: alimentação saudável + atividade física regular + qualidade de sono apresentam grandes problemas de saúde.

Vale refletir de que forma se está cuidando da vida no geral, e não apenas responsabilizar um único alimento como causador de todos o males que lhe acometem.

Pense nisso e não caia na tentação dos modismos na perda de peso ou soluções definitivas. O equilíbrio é o único caminho possível.

Sempre procure a orientação de um médico ou nutricionista, cada pessoa é única e desenvolve necessidades especificas.


Leia também em nosso blog:

· Maca Peruana e sua origem

· diabetes infantil, uma epidemia

· Receitas para o dia a dia feitas com quinua

· Qual o percentual ideal de gordura no corpo

· Quinua o que tem de especial?

· Fontes seguras para buscar informações nutricionais


Gostou? Deixe seu comentário aqui embaixo e compartilhe com os amigos.

Somos uma loja de produto naturais com mais de 330 itens a granel.

Estamos localizados em São Paulo, Parque São Domingos, Zona Oeste, Pirituba.

O melhor do produto natural com qualidade, sempre dicas e receitas incríveis para uma vida saudável.

Veja nossa página de receitas e aprenda a fazer pratos simples, saborosos e com ingredientes naturais. Certamente você não vai querer ficar fora de tanta dica incrível.

Nossa loja virtual é segura e você compra alimentação saudável, veganos, vegetarianos, feira orgânica, produtos sem glúten e sem lactose: www.loja.emporiomanjericao.com.br.

Quer receber nosso newsletter semanal? Clique aqui e se cadastre.


Este blog é apenas informativo e em nenhuma hipótese dispensa a consulta com um profissional especializado como um médico ou nutricionista.



ESTE CONTEÚDO FOI EXTRAÍDO DO NOSSO BLOG EMPÓRIO MANJERICÃO

Leia a material completa em nosso blog:

https://blog.emporiomanjericao.com.br/gluten-mocinho-ou-vilao-para-a-saude/

6 visualizações
SIGA
  • face.png
  • insta.png
  • g+.png
  • youtube.png
Loja Parque São Domingos:

Rua Brigadeiro Henrique Fontenelle, 758

Parque São Domingos - SP - Brasil

11 2506-9343 - whatsApp 11 97052-5630

Seg – Sex 09h30 - 19h30

Sab  09h30 - 17h30

 
 

contato@emporiomanjericao.com.br

 

 

 

© Empório Manjericão

  • email.png