background_cinza2x.png

DO BLOG MANJERICÃO

  • John Soares

Corantes naturais podem provocar alergia?

Atualizado: Jun 3

Os corantes naturais estão mais presentes no dia a dia do que você pode imaginar.

Afinal de contas, além de darem cor a objetos e roupas, eles também estão acrescentados em vários alimentos, bebidas e até mesmo em cápsulas, cosméticos, suplementos e medicamentos.

Como já era de se imaginar, o objetivo da utilização destas substâncias é tornar os alimentos e bebidas mais atrativos para as pessoas.

No entanto, mesmo quando são corantes naturais eles ainda podem provocar alergia.

É claro que esta não é uma condição muito comum, porém que tem esse tipo de alergia precisam ficar atentas a qualquer coisa que pretendem ingerir.

Sendo assim, para te ajudar a entender melhor sobre esse assunto, abaixo estão as principais informações referentes aos corantes naturais e como eles podem provocar alergia.

potes de porcelana com alimentos em pó nas cores vermelha, amarela e verde

Açafrão e colorau são corantes naturais.


Corantes naturais e alergia

Ao contrário do que muitos acreditam, não é apenas os cortantes sintéticos que causam algumas reações alérgicas em quem os ingere.

Ora, os naturais também estão associados ao surgimento de várias respostas adversas do organismo, que podem ir de alergias, especialmente em pessoas sensíveis às substâncias utilizadas e até, em situações mais raras, o choque anafilático.

Segundo um artigo de revisão publicado no ano de 2011, entre os corantes naturais mais mencionados pela literatura cientifica como possíveis causadores de reações estão o açafrão, carmim e urucum (anato).

Conheça os corantes que mais causam alergias

É importante compreender quais são estes corantes que mais causam alergia mesmo sendo naturais, então veja:

  1. Anato – é um pigmento amarelo natural extraído das sementes da árvore tropical Bixa Orellana e tem sido relacionada a casos de reação anafilática, angioedema (alergia bastante confundida com a urticária, que provoca inchaços e vergões na pele) e urticária;

  2. Carmin – é um corante da cor vermelha, proveniente do inseto actylopius coccus (conhecido também como Cochonilha), usado em alimentos, bebidas e cosméticos. Este, por sua vez, está ligado a casos de anafilaxia, asma ocupacional e também reações dermatológicas;

  3. Açafrão – extraído dos estigmas das flores de Crocus sativus, até o momento parece ser o menos nocivo de todos os citados anteriormente, porém existem relatos de hipersensibilidade e até anafilaxia.

Em todo caso, é importante frisar que muitos estudos que falam sobre os corantes ditos naturais e as relações alérgicas que eles podem provocar tratam-se de casos mais individuais e não de estudo com populações.

Sendo assim, muito cientistas concordam que as reações adversas destes tipos de substâncias não são tão comuns.

mesa branca com varias colheres contendo corantes naturais

Açafrão pode causar alergia em algumas pessoas


Como identificar reação alérgica a corantes naturais?

Os sintomas da reação alérgica podem aparecer imediatamente ou depois de alguns momentos após feito a ingestão.

Sendo assim, é possível perceber inchaço, especialmente nas regiões em volta dos olhos e da boca, mas existem casos em que todo o rosto apresenta os inchaços também.

Além disso, são percebidos também placas vermelhas no corpo, causando uma espécie de coceira entre média e alta intensidade.

No mais, outros sintomas também são bastante comuns, tais como:

  1. Coceira;

  2. Mal estar;

  3. Inchaço;

  4. Manchas / placas e vermelhidão na pele;

Dentre os sintomas mais graves da relação alérgica também estão:

  1. Dificuldade de respirar;

  2. Tontura;

  3. Desmaio;

  4. Pressão arterial sanguínea baixa;

  5. Convulsões;

  6. Aperto no peito;

  7. Chiado no peito;

  8. Pulsação acelerada;

  9. Choque anafilático com sinais como problemas respiratórios e inchaço no corpo inteiro, principalmente no rosto.

cochonilha, um pequeno inseto que é usado como corante natural


Como é realizado o diagnóstico?

A indicação, caso apareça algum sinal dos sintomas citados acima, é conferir detalhadamente o rótulo dos alimentos e buscar pelo nome do corante que foi usado.

Além de, obviamente, buscar ajuda médica para confirmar se realmente se trata de uma reação alérgica decorrente dos corantes naturais.

Dessa maneira, o profissional vai investigar de forma adequada a reação e verá se existe alguma relação com o aditivo.

Então, caso seja necessário, será passado exames também complementares, para estabelecer a doença de base do paciente e, se os corantes podem ou não, piorar o quadro, passando assim a serem evitados a partir daquele momento.

Lembrando que não existe um teste específico que vai identificar a reação alérgica ao corante.

Portanto, tudo que o paciente deve fazer é relatar ao médico os sintomas e assim será observado o que você ingeriu, exatamente como uma medida para descobrir exatamente o que causou o problema.

Inclusive, por causa da dificuldade em identificar o alérgeno e da não existência de exames específicos, o diagnóstico, muitas vezes, pode demorar vários anos para ser realmente concluído.

Tratamento para alergia de corantes naturais

É importante citar que a alergia de corantes naturais não tem cura. Porém, uma vez que o problema é identificado e exista uma desconfiança sobre qual é a causa, é indicado assim evitar ao máximo o contato com o alérgeno.

Além disso, o controle dos sintomas, que foram citados acima, pode ser realizado por meio da utilização de anti-histamínicos.

Contudo, a alergia ao corante natural pode ser realmente muito grave se você fizer a ingestão da substância.

Afinal de contas, uma vez que você consome o alérgeno ele entrará em contato com todo o seu corpo, o que não acontece, por exemplo, em uma alergia a ácaros.

Por esse motivo, em casos graves é de fundamental importância que o paciente tenha sempre ao seu alcance uma dose de epinefrina ou adrenalina para injetar no corpo em situações de emergência.

Obviamente que tais injeções devem ser obtidas através da prescrição médica e são bastante úteis em situações em que a ingestão é feita de forma acidental, o que, normalmente, tende a acontecer quando existe alergia aos corantes naturais.

O que evitar?

O melhor tratamento para qualquer tipo de alergia é evitar o contato a substância que causa o problema.

É claro que nem sempre é possível saber a composição exata daquilo que se consome.

Por essa razão, os alérgicos devem sempre ter um cuidado redobrado, fazendo assim a leitura do rótulo dos alimentos, bulas de medicamento, suplementos e até mesmo verificar a composição de alguns cosméticos.

Afinal de contas, como mencionado, os corantes naturais podem estar presentes de várias maneiras no seu dia a dia.

Conclusão

Como dito, os corantes naturais podem provocar alergia, apesar de ser algo raro.

Contudo, esteja sempre atento ao que você consome em caso de qualquer reação adversa e busque orientação profissional sempre.

Leia também em nosso blog:

  1. Porque não usar óleo de palma?

  2. receita de granola caseira

  3. o que consumir no café da manhã

  4. o que são antioxidantes

  5. Receitas de Shakes

  6. reflexão alimentar

Gostou? Deixe seu comentário aqui embaixo e compartilhe com os amigos. Assim nos ajudar a disseminar o melhor da comida natural.

Somos uma loja de produto naturais com mais de 330 itens a granel.

Estamos localizados em São Paulo, Parque São Domingos, Zona Oeste, Pirituba.

O melhor do produto natural com qualidade, sempre dicas e receitas incríveis para uma vida saudável.

Veja nossa página de receitas e aprenda a fazer pratos simples, saborosos e com ingredientes naturais.

Certamente você não vai querer ficar fora de tanta dica incrível.

Nossa loja virtual é segura e você compra alimentação saudável, veganos, vegetarianos, feira orgânica, produtos sem glúten e sem  lactose: www.loja.emporiomanjericao.com.br.

Faça seu pedido pelo WhatsApp 11 97052-5630.

Entregamos me toda região de Pirituba, Lapa, Leopoldina, Parque São Domingos, Vila Maria Domitila, City América, Mangalo, Jardim Santo Elias,  Jardim Regina, Vista Verde, Jaraguá e Jaguará.

Quer receber nosso newsletter semanal? Clique aqui e se cadastre.

Este blog é apenas informativo e em nenhuma hipótese dispensa a consulta com um profissional especializado como um médico ou nutricionista.

#alergias #corantes #tratamentoparaalergias

1 visualização0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

SIGA NOSSO INSTAGRAM

instagram.png

PERGUNTAS FREQUENTES

#demo.question.question1#


#demo.question.question1.answer1#




#demo.question.question2#


#demo.question.question2.answer1#

  1. #demo.question.question2.answer2#
  2. #demo.question.question2.answer3#
  3. #demo.question.question2.answer4#
  4. #demo.question.question2.answer5#




#demo.question.question3#


#demo.question.question3.answer0#

  1. #demo.question.question3.answer1#
  2. #demo.question.question3.answer2#
  3. #demo.question.question3.answer3#
  4. #demo.question.question3.answer4#
  5. #demo.question.question3.answer5#




#demo.question.question4#


#demo.question.question4.answer1#