background_cinza2x.png

DO BLOG MANJERICÃO

  • John Soares

O uso de óleos essenciais nas receitas

Atualizado: Jun 3

O uso de óleos essenciais nas receitas vem se tornando cada vez mais popular e recorrente.

No entanto, com isso, surgem dúvidas e questionamentos sobre a utilização desses produtos na alimentação.

Afinal de contas, é realmente seguro? Existem riscos? Por que cozinhar com os óleos? Existem práticas recomendadas?

Então, a fim de sanar todas as dúvidas, abaixo estão todas as informações que você precisa saber sobre o uso de óleos essenciais nas receitas.

fundo claro com frasco de óleo essencial alecrim e manjericão

em muito casos apenas 1 gota é suficiente para dar sabor


Por que cozinhar com óleos essenciais?

Uma das grandes vantagens dos óleos essenciais é que eles apresentam uma variedade grande de utilização.

Ora, há vários óleos diferentes e, com isso, cada um tem seus benefícios e vantagens exclusivos quando incorporados na sua rotina e no dia a dia.

Os óleos essenciais, de maneira ampla, podem ajudar com:

  1. Relaxamento e sono;

  2. Embelezamento da pele e dos cabelos;

  3. São úteis para massagem relaxantes.

Por sua vez, para aqueles que querem utilizá-lo na cozinha, para comer e beber, não é de se surpreender que eles também sejam benéficos.

Então, se você está se questionando por que usar os óleos essenciais na cozinha, saiba que existem várias razões e motivos para isso. Veja!

fundo branco com frasco de óleo essencial e limão siciliano cortado

óleo essencial de limão siciliano, dá um sabor especial e cítrico


Vale ressaltar que no Brasil a ANVISA não autoriza a ingestão de óleos essenciais, porém, seu uso em outros países como Estados Unidos, são largamente difundidos.

Inclusive na França é possível comprar óleos essenciais em capsulas, na dose certa para ingestão.

Para isso, é necessário ter um alto conhecimento destes produtos, alguns deles são tóxicos e só podem ser usados externamente.

Sempre consulte um especialista no assunto.

A dosagem e a forma de uso são de extrema importância.

Acrescenta mais sabor

Os óleos essenciais são potentes e fortes por natureza, uma vez que são concentrados e extraídos diretamente de fontes naturais.

Logo, a pureza e o poder que eles apresentam acrescentam bem mais sabor para as suas refeições.

Inclusive, não é preciso muito para acrescentar sabor as suas bebidas, entradas, carnes e até mesmo sobremesas favoritas.

São seguros e naturais

Apesar de existir muitos temperos, condimentos e extratos que podem oferecer sabor a comida, muitos deles apresentam ingredientes que tem seus processamentos questionáveis.

Por sua vez, ao usar óleos essenciais para condimentar suas refeições e realçar o sabor, não só terá uma grande quantidade de opções para preparar seus alimentos, mas ficará mais tranquilo sabendo que se tratam de produtos seguros e confiáveis.

Ora, conforme dito, os óleos essenciais são extraídos dos recursos naturais e assim não apresentam ingredientes processados ou que sejam prejudiciais à saúde.

É óbvio que para isso é preciso fazer uso de óleos que sejam testados e voltados também para a utilização na preparação das comidas.

fundo azul com laranjas cortas e frasco grande de óleo essencial

óleo essencial de laranja em pequena quantidade dá um aroma especial aos pratos


Conveniência

Apesar de algumas pessoas preferirem os ingredientes frescos ou crus para temperar os alimentos, nem sempre eles estão disponíveis.

Então, o uso de óleos essenciais nas receitas é fácil e está sempre ao alcance das mãos quando você não tempo para ir ao mercado comprar limão, por exemplo.

Portanto, além de garantir uma forma eficiente e conveniente de temperar os alimentos, os óleos também podem ser mais econômicos ao se pensar ao longo prazo.

Como só é necessário utilizar uma pequena quantidade para dar sabor a qualquer prato, você vai economizar dinheiro porque não terá que fazer a reposição de ingredientes com tanta frequência.

Além disso, os óleos continuam bons por bastante tempo, logo você não vai precisar se preocupar muito com a validade deles.

É claro que os ingredientes frescos ainda são uma maneira maravilhosa de aprimorar os alimentos, mas os óleos essenciais é uma forma conveniente de acrescentar mais sabor aos seus pratos.

O uso de óleos essenciais nas receitas é seguro?

Embora muitas pessoas sejam céticas em relação ao uso de óleos essenciais na alimentação, sua utilização por ingestão vem sendo praticada há séculos e não se trata de uma moda.

Logo, é possível afirmar que as pessoas têm consumido óleos essenciais por anos com segurança e o segredo para isso é respeitar as recomendações aconselhadas.

Afinal, como qualquer substância, os óleos essenciais têm riscos quando são utilizados de forma inapropriada ou na quantidade errônea.

Inclusive, é bem provável que você já faça o consumo desses produtos em sua alimentação em pequenas quantidades sem nem saber.

Isso porque, os óleos são obtidos de frutos, plantas e substâncias naturais, logo o corpo é bem equipado para processá-los.

Frutos, partes de extratos e plantas já fazem parte da alimentação de todos, não é mesmo?

Então, como tudo que é consumido, esses óleos entram no sistema digestivo, em seguida vão para a corrente sanguínea e são metabolizados pelos órgãos.

Como o corpo é capaz de processar e metabolizar óleos essenciais de forma fácil, cozinhar com esses produtos é uma forma de enriquecer os alimentos no seu dia a dia.

Em muitos casos apenas uma única gota já é suficiente para dar um toque especial ao prato.

Porém, existem alguns detalhes importantes que você precisa saber sobre o uso de óleos essenciais nas receitas.

Escolha aqueles que sejam seguros para ingestão

Antes de acrescentar os óleos na sua alimentação, é importante se certificar de que cada um deles foi aprovado para a ingestão segura.

Assim sendo, abaixo estão alguns dos óleos essenciais seguros para alimentação:

  1. Manjericão;

  2. Copaíba;

  3. Limão;

  4. Laranja;

  5. Canela;

  6. Coentro;

  7. Tomilho;

  8. Hortelã-pimenta;

  9. Alecrim;

  10. Erva doce;

Nem todos são seguros para consumo

Apesar da lista acima mostra alguns dos óleos que são seguros para o consumo por ingestão, nem todos são aprovados para essa finalidade.

Por conta da constituição química, alguns desses produtos nunca devem ser acrescentados aos alimentos ou ingeridos, qualquer que seja a quantidade.

Assim, abaixo está uma lista de óleos essenciais que não são seguros:

  1. Cedro;

  2. Cipreste;

  3. Patchouli;

  4. Eucalipto;

  5. Melaleuca;

  6. Citronela;

  7. Artemísia

  8. Olibano

  9. Vetiver

  10. Ylang ylang

Práticas para o melhor uso dos óleos essenciais nas receitas

A maneira que você vai usar o óleo essencial nas suas receitas depende do seu gosto pessoal, do tipo de alimento e do óleo que se está usando.

Portanto, como uma forma de ajudar, abaixo estão algumas práticas recomendadas para usufruir ao máximo desses produtos.

Adicione o óleo ao final da receita

Cozinhar com o calor pode evaporar o óleo, então é recomendado adicioná-lo ao final da receita, caso seja possível.

Isso porque, quanto menos tempo o óleo ficar exposto ao calor, mais sabor ele terá.

Logo, você deve acrescentá-lo no final ou depois de o prato ter sido removido do calor.

Não ultrapasse o uso 1 ou 2 gotas, em grandes quantidades ele pode ser toxico.

Use aço inoxidável, cerâmica ou vidro para cozinhar o óleo

O melhor é usar utensílios de cerâmica, vidro ou aço inoxidável para cozinhar os óleos, uma vez que eles podem causar danos a alguns tipos de plásticos.

Conclusão

Agora você já tem todas as informações importantes referentes ao uso de óleos essenciais nas receitas. Sendo assim, utilize tudo que você aprendeu aqui a favor da suas refeições.

Este conteúdo é apenas informativo, sempre consulte um médico ou nutricionista

Aqui no Empório Manjericão temos uma linha completa de óleos essenciais com mais de 50 variedades. Todos os óleos puros e certificados, para conferi vá até nossa loja virtual, clique aqui.

Leia também em nosso blog:

  1. A importância e consumir frutas da estação

  2. O que é dieta paleolítica

  3. Óleo de Melaleuca e a melhor forma de usar

  4. A importância das fibras na alimentação

  5. Benefícios do chá de erva cidreira

  6. Benefícios do chá de espinheira santa

  7. Benefícios da Berinjela

  8. Benefícios da ameixa

  9. Receitas com ameixa

  10. Receitas com uva passa

  11. Saiba quais são os alimentos ricos em ferro

Gostou? Deixe seu comentário aqui embaixo e compartilhe com os amigos.

Somos uma loja de produto naturais com mais de 330 itens a granel.

Estamos localizados em São Paulo, Parque São Domingos, Zona Oeste, Pirituba.

O melhor do produto natural com qualidade, sempre dicas e receitas incríveis para uma vida melhor.

Veja nossa página de receitas e aprenda a fazer pratos simples, saborosos e com ingredientes naturais. Certamente você não vai querer ficar fora de tanta dica incrível.

Nossa loja virtual é segura e você compra alimentação saudável, veganos, vegetarianos, feira orgânica, produtos sem glúten e sem lactose: www.loja.emporiomanjericao.com.br.

Quer receber nosso newsletter semanal? Clique aqui e se cadastre.

Este blog é apenas informativo e em nenhuma hipótese dispensa a consulta com um profissional especializado como um médico ou nutricionista.

#comousaróleoessencial #óleoessencial #óleoessencialeingestão

1 visualização0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

SIGA NOSSO INSTAGRAM

instagram.png

PERGUNTAS FREQUENTES

#demo.question.question1#


#demo.question.question1.answer1#




#demo.question.question2#


#demo.question.question2.answer1#

  1. #demo.question.question2.answer2#
  2. #demo.question.question2.answer3#
  3. #demo.question.question2.answer4#
  4. #demo.question.question2.answer5#




#demo.question.question3#


#demo.question.question3.answer0#

  1. #demo.question.question3.answer1#
  2. #demo.question.question3.answer2#
  3. #demo.question.question3.answer3#
  4. #demo.question.question3.answer4#
  5. #demo.question.question3.answer5#




#demo.question.question4#


#demo.question.question4.answer1#